Jantar Popular: Burkinabè Bounty – Agroecologia no Burkina Faso

Sexta, 11 de janeiro, no GAIA em Alfama

Burkinabé Bounty é um documentário produzido pela “Cultures of Resistance Films” que narra a resistência agrícola e a luta pela soberania alimentar em Burkina Faso – um país pequeno sem saída para o mar, na África Ocidental. Pela história de vários agricultores, estudantes, artistas e líderes ativistas do movimento local Slow Food, o filme demonstra como o povo Burkinabè defende e reinvidica as suas terras e tradições contra a invasão da agricultura corporativa. Desde mulheres que ao vender cerveja tradicional “dolo” se tornam independentes economicamente, aos jovens que marcham nas ruas contra empresas como Monsanto e músicos de hip-hop que revivem o espírito revolucionário de Thomas Sankara, Burkinabé Bounty mostra a criatividade dos Burkinabé ao retomar o controle da sua comida, sementes e futuro.

Vamos estar com membros da equipa “Cultures of Resistance” e a realizadora Iara Lee, brasileira de ascendência coreana, ativista, cineasta e fundadora / diretora da Cultures of Resistance Network, uma organização que promove a solidariedade global, conecta e apoia agitadores, educadores, agricultores e artistas com a intenção de construir uma sociedade mais justa e um mundo mais pacífico através da resistência criativa e a ação não violenta!

18h> ajudar 20h> jantar 21h30> Filme e debate

O que é o Jantar Popular?

– Um Jantar comunitário vegano, biológico e LIVRE DE OGMs que se realiza no GAIA, Rua da Regueira, n 40, em Alfama.
– Uma iniciativa inteiramente auto-gerida por voluntários.
– Um jantar em que podes colaborar e aprender a cozinhar vegano! Para cozinhar e montar a sala basta aparecer a partir das 18h. Jantar “servido” a partir das 20h.
– Um projecto autónomo e auto-sustentável. As receitas do Jantar Popular representam o fundo de maneio do GAIA que mantém assim a sua autonomia.
– Um jantar onde ninguém fica sem comer por não ter moedas e onde quem ajuda não paga. O preço nunca é mais de 3 pirolitos.
– Um exemplo de consumo responsável, com ingredientes que respeitam o ambiente, a economia local e os animais.
– Uma oportunidade para criar redes, trocar conhecimentos e pensar criticamente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *